Novembro Azul

09/11/2016 10:08

Depois do Outubro Rosa, campanha de prevenção do câncer de mama, o foco agora são os homens. Novembro é o mês internacional de conscientização de problemas de saúde do homem. O mês foi escolhido pois dia 17/11 é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estima que em 2016 serão mais de 61 mil novos casos deste tipo de câncer para cada 100 mil homens.

Tudo começou em 2003 na Austrália quando dois amigos se reuniram e criaram a fundação Movember (junção das palavras moustache (bigode, em inglês) e november (novembro). Os participantes masculinos são encorajados a se barbear no início de novembro e a deixar crescer o bigode até o fim do mês para ajudar a arrecadar fundos e ampliar o debate sobre um tema, que ainda é tabu para muitos homens. Atualmente, a fundação possui mais de 5 milhões de pessoas envolvidas em 21 países e já arrecadou mais de US$700 milhões para financiar aproximadamente 1200 projetos relacionados com a saúde masculina.

Novembro Azul

No Brasil, o Novembro Azul foi criado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, com o objetivo de quebrar o preconceito masculino de ir ao médico e, quando necessário, fazer o exame de toque. Pesquisa da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), que entrevistou cinco mil homens em 2013, revelou que 47% dos entrevistados nunca realizaram exames para detectar o câncer de próstata, 44% jamais se consultaram com o urologista e 51% nunca fizeram exames para aferir os níveis de testosterona (hormônio masculino) no sangue. Durante todo o mês, prédios públicos e monumentos importantes do país são iluminados com a cor azul, em referência a esta campanha.

O câncer de próstata

O câncer de próstata ocorre principalmente em homens mais velhos. Cerca de 6 em cada 10 casos são diagnosticados em homens com mais de 65 anos, sendo raro antes dos 40 anos. A média de idade no momento do diagnóstico é de cerca de 66 anos. Desta forma, recomenda-se que a prevenção passe a ser feita a partir dos 45 anos se existe risco elevado para o surgimento do câncer, ou seja, casos de câncer de próstata na família, ou a partir dos 50 anos, caso não haja histórico da doença na família.

Um dos aspectos mais preocupantes da doença é que a maioria dos cânceres de próstata desenvolvem-se sem sintomas nos estágios iniciais. “Na maioria dos casos iniciais, o paciente não tem sintomas e só a avaliação rotineira com o exame de PSA e o toque retal permitem estabelecer a suspeita e prosseguir na investigação”, afirma Carlos Sacomani, diretor de Comunicação da SBU, em comunicado divulgado sobre o Novembro Azul.

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                   

60 mil novos casos e câncer de próstata no Brasil por ano
Cerca de 13 mil mortes por ano
É o sexto tipo de câncer mais comum no mundo, e o segundo mais recorrente entre os homens no Brasil
90% de chance de cura se diagnosticado precocemente

 

Ações

Diversas ações são realizadas para promover a conscientização, compartilhar informações sobre como melhorar a saúde do homem e contribuir para o diagnóstico precoce e a redução da mortalidade. Confira abaixo algumas:

Philips e Barbearia Man Lab

Os clientes que visitarem a barbearia Man Lab, no bairro de Bela Vista em São Paulo, nos sábados 5, 12 e 19 de novembro receberão informações e dicas de cuidados com a saúde. Além disso, ao longo de todo o mês, quem postar foto da sua barba ou bigode na página da Philips recebe um voucher de desconto em algum produto e ainda contribui com R$5,00 de doação para o Instituto Lado a Lado pela Vida.

Instituto Lado a Lado pela Vida

O Instituto Lado a Lado pela Vida realiza no dia 07/11, com apoio do Senado Federal, o II Fórum Ser Homem no Brasil – Um novo olhar sobre a Saúde, Acesso e Tratamento ao Homem com Câncer. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas pelo portal do Instituto. Para quem não puder acompanhar presencialmente, o Fórum será transmitido pela TV Senado.

ESPN

Durante todo o mês de novembro, apresentadores e comentaristas dos canais da ESPN portarão um laço azul em suas camisas para lembrar aos homens da importância de serem avaliados regularmente e diminuir o tabu sobre o exame de toque retal.

 

Você precisa estar logado para comentar e interagir!
Login ou Cadastre-se